O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Pará (OAB-PA), Eduardo Imbiriba, faltou à audiência para a qual foi intimado pela Justiça Federal na última quarta-feira, 20. Em ação que tramita no TRF-1, ele é acusado de fraudes, falsificação de assinaturas, abuso de poder político e econômico, propaganda ilegal, dentre uma série de outras ilegalidades que teriam ocorrido na eleição da OAB-PA em 2021. A juíza convocou nova audiência para esta terça-feira, 26, mas deixou claro que o não comparecimento vai acarretar a aplicação de pena de confesso: “Determino a expedição de mandado de intimação do requerido Eduardo Imbiriba, para comparecimento sob pena de confesso”, decidiu.

A justiça paraense acatou ação do Ministério Público do Pará contra a prefeitura de Belém, que abandonou o Pronto-Socorro do Guamá. Para o diretor financeiro do SINDSAUDE-PA, falta tudo no PSM, menos perseguição e assédio moral contra quem denuncia as condições em que a unidade de saúde se encontra, em consequência da péssima gestão por parte da prefeitura de Belém.,