Em Belém, capital do estado, o prefeito que diz que disputará a reeleição devido o apoio que tem de Lula e de Helder, não reconhece seus limites e nem incompetência. Em Salvaterra, o crime e a impunidade aterrorizam os moradores que esperam um dia viver na propaganda que o governo estadual paga nos meios de comunicação.

Chegou a hora de pararmos de fingir que não há culpados em eventos como esse que ocorreu hoje no Centro de Belém. Assim como comerciantes regularizados precisam cuidar e solicitar vistorias em seus estabelecimentos, os agentes dos órgãos de fiscalização precisam realizar seu papel e parar de pedir propina para quem se mantém sem laudos e autorizações, tal como há relatos denunciando esse tipo de negociação ilegal. Por outro lado, a omissão de quem vê tudo que é tipo de ocupações irregulares e finge que não vê.